Efacec ganha contrato de 10,5 milhões no Ruanda

Novo JornalPublicado 17/05/2017 16:34:00

A Efacec ganhou um contrato no Ruanda, no valor de 10,5 milhões de euros, para a realização do projecto de engenharia, fornecimento, supervisão e comissionamento de três novas subestações de 200KV, fundamentais para a distribuição de electricidade até às zonas rurais do país.

A empresa controlada por Isabel dos Santos consegue assim mais um contrato internacional, desta vez através da parceria que tem com o grupo tunisino (STEG), parceiro na execução de um contrato de subestações de alta tensão na Tunísia.

No Ruanda, a STEG ganhou o concurso internacional lançado pela República do Ruanda para a construção de três novas subestações de 200KV, escolhendo depois a Efacec para a realização do projecto de engenharia, fornecimento, supervisão e comissionamento destas três infra-estruturas em regime de "chave-na-mão".

"A conquista deste projecto atesta, uma vez mais, as competências da Efacec. Esta nova prova de confiança representa um motivo de orgulho para nós. Vamos trabalhar continuamente para fazer chegar electricidade a todas as partes do globo", salienta Ângelo Ramalho, CEO da empresa portuguesa, em comunicado.

No mesmo documento pode ler-se que "a obra será fundamental para escoar os 80MW produzidos na Central de Biomassa de Mamba para a rede eléctrica nacional".

Pela primeira vez desde 2012, a Efacec voltou aos lucros: 4,3 milhões de euros em 2016, contra 20,5 milhões de euros de prejuízos no ano anterior.

Primeira Página