No seu presente formato, com o seu lançamento no espaço de língua portuguesa feito por uma importante editora e - auguramos - uma grande divulgação no público académico e não académico, tornar-se-á uma obra central sobre a história da Angola dos últimos 50 anos. Vem colmatar um enorme vazio, que só obras tendenciosas e ideológicas de dois ou três amadores de História ou a história oficial do MPLA preenchiam, duma forma muito desrespeitadora da verdade e dos factos.

O autor tem o profissionalismo académico de alguém que é Professor numa Universidade Americana e se está a tornar uma autoridade mundial na História Moderna de África. Tem, para esta obra, um itinerário pessoal peculiar, entre o seu país de origem, o Congo Brazzaville, e o país onde se tornou adulto, Angola. Mais: em virtude de, durante os anos da sua narrativa, ele ter feito parte da família de um dos mais importantes dirigentes do MPLA, ele é uma fonte directa de muito do que relata.

(Leia este artigo na íntegra na edição semanal do Novo Jornal, nas bancas, ou através de assinatura digital, disponível aqui https://leitor.novavaga.co.ao e pagável no Multicaixa)