Os interessados em concorrer a uma das 27 bolsas de estudo para licenciatura e mestrado nas áreas de Música e Artes cénicas, destinadas a cidadãos dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) e Timor-Leste, têm até 1 de Julho para formalizar as candidaturas.

Enquadradas num projecto da União Europeia, designado Promoção do Emprego nas Actividades Geradoras de Rendimento no Sector Cultural nos PALOP e Timor-Leste (PROCULTURA PALOP-TL), as bolsas viram o modelo de entrega de candidaturas ser alterado devido à Covid-19.

Para o caso de Angola, seja para licenciatura ou mestrado, a 3 de Fevereiro, quando se procedeu à abertura do processo, eram também admissíveis entregas presenciais das candidaturas, junto da equipa PROCULTURA, no Camões/Centro Cultural Português ou na sede da Embaixada da República de Portugal, em Luanda. Contudo, devido às limitações resultantes da pandemia, a única via restante é o e-mail procultura@camoes.mne.pt, sendo que os boletins de candidaturas e os respectivos regulamentos estão disponíveis em https://www.instituto-camoes.pt/activity/o-que-fazemos/bolsas-estudo/bolsas-procultura-palop-tl-ue.